Dr. Shinobu Saito

Violin, Viola Teacher / Teacher Trainer

É Doutora em música (performance em violino), formada pela Universidade de Iowa. Trabalha desde 1981 com o método Suzuki, tendo obtido excelentes resultados no ensino de instrumentos de cordas.

Lecionou o 1º volume para professores do método Suzuki durante o XXV e XXVI Festivais Internacionais de Música de Peru em janeiro de 2010 e 2011. Os alunos de violino dela participaram do 1º Encontro de alunos Latino Americanos. O encontro teve mais de 14 países participantes num total de 164 alunos compartilhando as música típica de cada país.
Em junho de 2006 obteve o “Teacher Trainer Certificate” da Associação Suzuki Americana (SAA), tornando-se a primeira professora no Brasil qualificada para treinar professores do método Suzuki. Desde então tem preparado muitos professores Suzuki no Brasil.

Em julho de 2004 foi agraciada com a Medalha Carlos Gomes pela sua contribuição na área cultural na cidade de Campinas.

Enquanto cursava o seu doutorado, deu aulas na Preucil School of Music, escola particular de música especializada em ensino pelo método Suzuki. Esta escola possui em média 600 alunos Suzuki e cinco diferentes níveis de orquestra de acordo com a idade, habilidade de leitura e conhecimento técnico do instrumento. Lá ela deu aulas de violino e leitura musical para crianças com idade a partir de três anos e meio, com o acompanhamento dos pais.

Shinobu aplica o seu conhecimento de orquestras infantis e jovens aprendidas nos Estados Unidos em seu estúdio aqui no Brasil com as orquestras formadas por seus alunos. Trabalhou também no curso de extensão no Departamento de Música da Unicamp regendo uma orquestra jovem de cordas.

De 1997 a 2003 foi coordenadora da orquestra “Oficina de Cordas”, fundada por José Eduardo Gramani. Com a Oficina, participou da gravação do segundo CD, “Retratos em Vários Compassos”, e do terceiro, “Para Cordas Brasileiras”, ambos com um repertório só de músicas brasileiras. A gravação do terceiro CD foi financiada pelo projeto da Prefeitura de Campinas (FICC) de 2007. A Oficina tem se apresentado através do SESC em várias cidades, entre elas: Campinas, São Carlos e São João da Boa Vista. Em dezembro de 2008 participou de 12 concertos realizados no estado de São Paulo através de um projeto de circulação financiado pelo PAC.

Entre 1981 e 1992 participou como professora em encontros Suzuki nas cidades de Santa Maria, Florianópolis, São Bento do Sul, Salvador, Recife e João Pessoa. De 1984 a 1992 e de 1998 a 2003 foi professora do curso Suzuki do Festival de Londrina. Coordenou o encontro com os professores convidados de violino, piano e cello dos Estados Unidos de 2000, 2001 e 2002. Em julho de 2003, teve um aluno premiado em primeiro lugar no Concurso de Jovens Solistas de Piracicaba, na categoria até 13 anos. Logo a seguir, em outubro do mesmo ano, teve quatro alunos classificados no I Encontro de Jovens Instrumentistas, também em Piracicaba. Em julho de 2004 no II Encontro de Jovens Instrumentistas teve também quatro alunos classificados.