Prof. Fabio Adour da Camara

Guitar Teacher

Fabio Adour da Camara

SAA Member

Professor do Departamento de Musicologia e Educação Musical e do Programa de Pós-Graduação em Música da UFRJ; ex-professor da Escola de Música da UFMG e do Conservatório Brasileiro de Música; Doutor em Educação pela UFMG; Mestre em Música pela UFRJ; Bacharel em violão pela UNI-RIO. Leciona, na UFRJ, disciplinas como Percepção Musical, Harmonia Funcional e Transcrição Musical.

Desenvolve intensa atividade com música erudita e popular, já tendo se apresentado nas principais salas das grandes capitais. Com frequência é convidado como solista frente a orquestras. Destacam-se: a interpretação, com a Orquestra Sinfônica Brasileira, do Concerto para Violão e Orquestra de Villa-Lobos, em dezembro de 2004, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro; e a apresentação, junto com Mario da Silva, do Concerto para dois violões e cordas de Edino Krieger, com a Orquestra Sinfônica da Escola de Música da UFRJ, em março de 2018, na Sala Cecilia Meireles. Alguns compositores importantes, como Ricardo Tacuchian, Mario Ferraro, Alexandre Eisenberg, Marcos Lucas, José Orlando Alves, dentre outros, já lhe dedicaram peças para violão solo.

Participou de inúmeros conjuntos de câmara e atualmente é integrante do Abstrai Ensemble, grupo de atuação internacional com formação instrumental mista e dedicado à música contemporânea. Também especializado no repertório dos séculos XX e XXI é o Duo Adour, completado pela soprano Andréa Adour. Forma outra dupla de destaque com David Ganc – Duo Ganc/Adour –, que trabalha na fronteira entre a música popular e erudita.

É arranjador, compositor e suas peças e arranjos vêm sendo executados e gravados regularmente por intérpretes consagrados. Participou, como professor de Harmonia, Improvisação, Violão, Composição e Percepção Musical, de diversos Festivais de Música no Brasil, como os Festivais de Inverno de Diamantina da UFMG, onde foi coordenador e professor da área de Música de 2004 a 2009, o Pauta Contemporânea do SESC (2011), e o Painel de Bandas da FUNARTE (2012 a 2016).

Em congressos e simpósios de pesquisa, publicou artigos com temas relacionados à Música Popular, Educação Musical, Composição e Análise. Lançou, em 2015, o livro Sobre Harmonia: Uma Proposta de Perfil Conceitual, trabalho vencedor do Prêmio Funarte de Produção Crítica em Música 2013.